Asset Management - Brasil
_____________________________________________________________________________________________
 

Nosso objetivo é proporcionar a valorização das cotas detidas pelos investidores, no médio e longo prazo, através da aplicação dos recursos preponderantemente em ações de empresas brasileiras listadas na Bovespa.

 

 

Filosofia de Investimento

_____________________________________________________________________________________________

 

Seguimos uma filosofia de investimento baseada em análise fundamentalista, ou seja, conduzimos uma extensa avaliação das empresas ao longo do processo de investimento. Temos como princípio comprar apenas ações de empresas cujo modelo de negócios e ambiente competitivo entendemos e nas quais sentimos confiança de estarmos investidos. Desta forma, obedecemos a restrição de investir apenas dentro do nosso "círculo de competência".

 

Teoricamente, a única forma de obter um retorno acima da média, descolando consistentemente do benchmark, é concentrando o portfolio. Estatisticamente, um portfolio de 30 ações já seria suficientemente diversificado, descolando pouco da média. Uma concentração menor do que 5 ações começa a carregar um componente de risco idiossincrático muito forte. Portanto, uma concentração em torno de 10-15 ações nos parece adequada. No entanto, na prática, o descolamento da média pode se dar tanto para cima (outperformance) quanto para baixo (underperformance). Daí a importância de uma análise criteriosa das empresas no processo de seleção dos papéis.

 

Qualquer investimento carrega um custo de oportunidade. Quanto mais demorada for a convergência do preço de mercado do ativo para o seu valor intrínseco, menos atraente será o investimento. Por isso, muitas vezes é interessante a presença de catalisadores ou triggers (circunstâncias ou pessoas) que possam ajudar no processo de convergência preço-valor. Mesmo sendo interessante monitorar triggers nas posições que temos, nós não procuramos ativamente ações sujeitas a eventos iminentes.

 

Além disso, consideramos que distorções preço-valor devem ser suficientemente grandes de forma a oferecer certa margem de segurança ao investimento. Comprar ações com margem de segurança aumenta o retorno potencial e reduz o risco da operação.

 

Por último, consideramos essencial ter disciplina emocional, especialmente nos períodos em que a distorção preço-valor possa vir a se acentuar. Ter uma convicção bem fundamentada acerca dos “casos de investimento” e ter controle emocional são ingredientes cruciais para o sucesso de um determinado investimento.

 

Relatórios
______________________________________________________________________________________________

 

Os relatórios, de agora em diante, serão de acesso exclusivo de nossos investidores.

 

Carta Sabra - 3T16

Análise Trimestral e análise dos primeiros 6 meses de performance do nosso Clube de Investimentos.

 

Carta Sabra - 2T16

Análise trimestral e seção "...Out of the Box", onde argumentamos que a Hipótese do Mercado Eficiente (HME) parece não descrever bem a realidade do mercado. De fato, há dissidentes na Academia, como Mordecai Kurz, que propõem alternativas. Kurz substitui a ideia de rational expectations embutida na HME pela ideia de rational beliefs. Isso significa que os agentes precificam os ativos não com base nas informações disponíveis em si, mas com base na forma com que eles interpretam e entendem as informações recebidas. Neste arcabouço, os agentes não entendem tais informações de maneira uniforme e a própria "digestão" de uma informação pode provocar reprecificações sucessivas nos ativos. Este arcabouço explica a existência de gaps preço-valor e, portanto, a existência de gestores de sucesso que conseguem sistematicamente se aproveitar destas oportunidades.

 

Carta Sabra - 1T16

Análise trimestral com um breve panorama dos acontecimentos políticos e econômicos que afetaram o mercado no período.

 

Carta Sabra - Dez/15
Análise mensal e "...Out of the Box", onde reproduzimos um trecho da Carta de Seth Klarman da Gestora Baupost Group aos seus investidores após um ano de 2015 difícil.

 

Carta Sabra - Nov/15
Análise mensal e "...Out of the Box", onde argumentamos que, mais do que procurar inovar através de seus próprios esforços internos de P&D, uma companhia deve estar aberta a absorver inovações desenvolvidas fora da empresa. De fato, os princípios de Open Innovation podem levar a companhia muito mais longe do que teria sido possível chegar sob o modelo de Closed Innovation.

 

Carta Sabra - Out/15
Análise mensal e "...Out of the Box", onde argumentamos que manter custos baixos e continuamente criar oportunidades para a equipe são ingredientes para o sucesso de qualquer empresa em qualquer fase do ciclo econômico. Conceitualmente, não há nada de muito complicado nisso. O segredo para o sucesso está na capacidade de realmente internalizar estes conceitos e de executá-los à risca. Nem todos estão aptos a uma coisa ou outra.

 

Carta Sabra - Set/15
Análise mensal e "...Out of the Box", onde argumentamos que é um erro ignorar fatores estruturais que envolvem um país quando da decisão de comprar dada uma empresa. Dificilmente, uma empresa, por melhor que ela seja, consegue prosperar de forma sustentável em um país sem "moat", ou seja, sem um mínimo de estabilidade econômica, política, institucional e jurídica.

 

Carta Sabra - Ago/15
Análise Mensal e "...Out of the Box", onde disponibilizamos os links para vídeos da conferência "Israeli Startups 2015: A High-Tech Look Into the Future" que realizamos em 22/Julho deste ano.

 

Carta Sabra - Jul/15
Análise Mensal e "...Out of the Box", onde discutimos as principais diferenças de mentalidade entre empreendedores brasileiros e israelenses – e argumentamos que um maior intercâmbio entre os 2 países seria muito benéfico, especialmente para o Brasil. Oportunidades de colaboração entre israelenses e brasileiros poderiam gerar uma externalidade positiva para o ecossistema de alta tecnologia daqui. De fato, o aprendizado do brasileiro poderia ir além do meramente técnico, avançando também sobre a esfera cultural.

 

Carta Sabra - Jun/15
Análise Mensal e "...Out of the Box" onde argumentamos que, em um mundo cada vez mais competitivo, é imprescindível que as empresas brasileiras não fiquem para trás e que invistam em tecnologia e inovação. Um dos maiores celeiros de inovação tecnológica no mundo hoje se encontra em Israel. É necessário que se criem mais oportunidades de negócios entre os dois países, para que o Brasil possa se beneficiar em primeira mão destas tecnologias.

 

Carta Sabra - Mai/15
Análise Mensal e "...Out of the Box", onde argumentamos que a sobrevivência de longo prazo de uma empresa depende também de sua capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças em seu ambiente, especialmente no que tange a adoção de novas tecnologias.

 

Carta Sabra - Abr/15
Análise mensal e updates de investment cases.

 

Carta Sabra - Mar/15
Análise mensal e updates de investment cases.

 

Carta Sabra - Fev/15
Análise mensal e updates de investment cases.

 

Carta Sabra - Jan/15
Análise mensal e "...out of the box" onde argumentamos que a sobrevivência de longo prazo de uma empresa depende basicamente das pessoas que dela fazem parte. Estas pessoas devem estar inseridas no que definimos como um Sistema Social Adaptativo.

 

Carta Sabra - Dez/14
Análise mensal e "...out of the box", onde discutimos o ano de 2014 sob a ótica dos eventos aleatórios que mudaram – ou não – a trajetória do país.

 

Carta Sabra - Nov/14
Análise mensal e "...out of the box" onde discutimos características que fazem um management team de sucesso - em empresas maduras ou startups.

 

Carta Sabra - Out/14
Análise mensal e "...out of the box" onde discutimos questões que o Brasil precisará endereçar para crescer de forma sustentável no LP.

 

Carta Sabra - Set/14
Análise mensal e updates de investment cases.

 

Carta Sabra - Ago/14
Resultado do fundo e update de investment cases.

 

Carta Sabra - Jul/14
Resultado e seção "...out of the box", onde apresentamos alguns dos chamados "vieses cognitivos" que influenciam nosso processo de tomada de decisão.

 

Carta Sabra - Jun/14
Resultado do fundo e investment case de M.Dias Branco.

 

Carta Sabra - Mai/14
Resultado e seção “...out of the box”, com pensamentos selecionados de um J.M. Keynes pouco conhecido do grande público: o gestor de recursos.

 

Carta Sabra - Abr/14
Resultados (incluindo estudo comparativo dos gestores) e investment case de Eztec.

 

Carta Sabra - Mar/14
Resultado e seção “...out of the box”, onde comentamos citações de Warren Buffett formatadas a partir de trechos selecionados do Relatório Anual da Berkshire Hathaway Inc. referente a 2013.

 

Carta Sabra - Fev/14
Resultado, updates de investment cases, e investment case de Multiplan.

 

Carta Sabra - Jan/14
Resultado e seção “...out of the box”, onde discutimos alguns conceitos introduzidos por Jim Collins.

 

Carta Sabra - Dez/13
Resultado do fundo e investment case de Marcopolo.

 

Carta Sabra - Nov/13
Resultado do fundo e seção "...out of the box" com "Margin of Safety" de Seth Klarman.

 

Carta Sabra - Out/13
Resultado, apresentação da filosofia de investimento e cultura da empresa, e investment case de Mills. consideramos essencial ter disciplina emocional, especialmente nos períodos em que a distorção preço-valor possa vir a se acentuar. Ter uma convicção bem fundamentada acerca dos “casos de investimento” e ter controle emocional são ingredientes cruciais para o sucesso de um determinado investimento.

 

Documentos
_____________________________________________________________________________________________

 

Acesse aqui para informações sobre veículos de investimento, Formulário de Referência, Código de Ética, Regras, Procedimentos e Descrição dos Controles Internos, Política de Gestão de Riscos, Política de Compra e Venda de Valores Mobiliários, Manual de Combate e Prevençaõ à Lavagem de Dinheiro, e Política de Rateio e Divisão de Ordens.

 

_________________________________________________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________________________________________________